segunda-feira, 28 de junho de 2010

Acidentes de Trânsito?

     Acidente é algo não previsto. E eles até acontecem. Mas será que são todos acidentais? Se o condutor infringe claramente uma regra de segurança, como dirigir embriagado e em alta velocidade, não é clara a intenção de causar o "acidente"? Então, nesse caso, mortes causadas no trânsito dessa forma deveriam ser consideradas assassinatos.

    Aceitar que um crime de trânsito, mesmo que não cause morte, seja chamado de acidente - como estamos acostumados a tratar - fortalece a ideia de ser algo casual, eximindo de culpa e de punição aqueles que o cometeram.

     Cabe à sociedade mudar sua visão, não aceitando mais as tristes perdas de vidas no trânsito por  "acidentes". É chegada a hora de voltarmos contra a impunidade e cobrar das autoridades punições mais severas. Não podemos achar "normal" famílias sendo desestruturadas por causa de um ato de imprudência, falta de amor próprio e respeito pelos semelhantes.

      Mudar essa concepção pode levar um tempo. Mas, quem sabe, aflorar na sociedade a desejo de justiça seja o primeiro passo para a longa caminhada?

Um comentário:

  1. Trabalho com isso diariamente, e é terrivel quando se vê, um pai no local do acidente vendo o filho vitimado por um MAUTORISTA, estamos engatinhando no quesito segurança, a população a todo momento é bombardeada com propagandas das facilidades de se adquirir um veiculo, mas, e após a aquisição? como educar o condutor que usa o veiculo não como um meio de transporte mas como simbolo de staus?

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim.

Seja um membro você também!