veja os países confirmados

Quantos paises já visitei. Faça o seu mapa personalizado de viagens
Visitei 8 países das Nações Unidas (4.14%) num total de 193.
Faça o seu mapa de viagens.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Quantos famosos serão necessários morrer em acidentes de trânsito?

Por Roberta Torres

Quero deixar minha solidariedade à dor das outras 123 famílias que também perderam seus entes queridos ontem vítimas de um "acidente de trânsito" e também das 125 que perderão a vida hoje, outras 125 sexta, sábado, domingo... 

Infelizmente, convivemos diariamente com essa violência, porém, sem a repercussão da mídia. É bem verdade que ficamos comovidos quando alguém famoso morre tão subitamente. Mas também é bem verdade que está clara a omissão de quem deveria garantir um trânsito seguro. A omissão do governo em oferecer educação para o trânsito, a omissão do governo em usar o nosso dinheiro do IPVA e de tantos outros impostos na construção de vias mais seguras. A omissão do governo e dos fabricantes em garantir que os veículos sejam mais seguros (não somente os de luxo). E também, a nossa (cidadãos) omissão em pensar que a lei existe para ser burlada. Em pensar que somos imortais e não precisamos zelar pela nossa segurança


Quantos famosos mais serão necessários para que coloquemos na nossa cabeça que o cinto de segurança é obrigatório para TODOS os ocupantes do veículo, em qualquer via não é a toa? Quantos famosos mais serão necessários para que acreditemos que nossas VIAS NÃO SÃO SEGURAS para desenvolvermos velocidades tão altas? Quantos famosos mais serão necessários para que possamos perceber que quando bebemos, diminuímos nossa capacidade de reação, equilíbrio, atenção e que isso na direção de um veículo é arriscado? Enfim, uma sociedade tem o governo que merece e consequentemente um trânsito que merece. Por que não começarmos fazendo a nossa parte? 


Roberta Torres

2 comentários:

  1. Para quem a referência a providências de segurança para a vida somente se dá nos casos dos famosos, talvez os já vitimados seja o bastante. Entretanto, acredito que tanto para você quanto para mim, nenhuma tragédia como a recente necessariamente com famosos foi assim necessária para adotarmos a prudência requerida a nossa segurança, não é?! E mesmo assim ainda corremos riscos!

    ResponderExcluir
  2. É verdade Tarcísio. Acredito que se falássemos mais dentro das escolas, empresas e em outros meios, teríamos mais de você, de mim e tantos outros que militam nesse dia a dia em prol de um trânsito mais seguro. Não podemos é desistir jamais. Abraços!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim.

Seja um membro você também!