domingo, 15 de novembro de 2015

Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito, neste domingo, dia 15, é lembrado pelo ONSV

Com o mote que “as pessoas acham que acidentes de trânsito sempre acontecem com os outros”, o ONSV (OBSERVATÓRIO Nacional de Segurança Viária) e a Agência F&Q lançam, nesta semana, que antecede o Dia em Memória das Vítimas de Acidentes de Trânsito, lembrado em todo o mundo no terceiro domingo de novembro – neste ano, no dia 15/11, uma campanha de conscientização para toda a sociedade para marcar a data.
Além de destacar esse dia, a campanha trabalhará com três peças publicitárias, com mensagens vinculadas à sinalização de trânsito, associadas sempre a uma cova ou sepultura. A ideia é trabalhar num forte apelo para que os cidadãos respeitem a leis de trânsito e evitem acidentes. “Afinal, ninguém gosta de sequer olhar um túmulo, mas a sociedade também não mais suporta conviver com tantas mortes.”
Só a título de contextualização, mais de 1,3 milhão de pessoas morrem no trânsito, todos os anos, em todo o mundo. O Brasil é o quarto país em número de mortes nas vias, de acordo com a OMS (Organização Mundial de Saúde). Os últimos dados oficiais do Ministério da Saúde indicam mais de 42 mil mortes no país (2013). Os feridos e sequelados somam mais de meio milhão, de acordo com o DPVAT/Seguradora Líder.
“Queremos que a sociedade reflita sobre as consequências dos acidentes, que resultam em mortes, feridos e sequelados todos os dias, nas vias; e em um sofrimento sem fim para todos, além de enormes prejuízos econômicos também. A escolha dessa imagem de impacto é para sensibilizar a todos”, argumenta o diretor-presidente do OBSERVATÓRIO, José Aurelio Ramalho.
Ramalho informa ainda que o OBSERVATÓRIO apela a toda a imprensa que não deixe  a data passar em branco.  “Nossa proposta foi disponibilizar todas as peças para que a imprensa, de forma geral, dê publicidade em seus canais de comunicação nesta semana, para que possamos simultaneamente promover uma ampla conscientização”. Ele conta que todas as peças já contam com espaço para a inclusão de logomarcas dos apoiadores, no caso os jornais que colaborarem com essa divulgação.
O alerta – Duas peças trazem uma mensagem de contextualização, praticamente um retrato muito real sobre o pensamento de muitos cidadãos (o senso comum):
  • 98% das vítimas acham que isso só acontece com os outros.
  • Suas últimas palavras foram: “isso nunca acontecerá comigo”.
E uma outra peça mostra o resultado dessa visão distorcida:
  • Ele pensava que acidentes fatais só aconteceriam com os outros. Agora é tarde para dizer que não fazia o menor sentido.
Um dia para homenagear a vida
O Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito foi criado em 1993, pela  Road Peace, uma organização do Reino Unido, em prol das vítimas de acidentes rodoviários. Desde então, a Road Peace, a Federação Europeia e as organizações parceiras, realizam essa mobilização em todo o mundo.
Em outubro de 2005, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou a Resolução 60/5 para melhorar a segurança rodoviária no mundo. A resolução convida os Estados-Membros e a comunidade internacional a designar o terceiro domingo de novembro como o Dia Mundial de lembrança às Vítimas da Estrada.
A celebração deste dia é uma oportunidade para aumentar a consciência pública em relação ao custo dos acidentes rodoviários para as comunidades, e enfatizar a necessidade de intensificar os esforços para controlar este importante problema de saúde e desenvolvimento de apoio às vítimas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim.

Seja um membro você também!