segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Palestra "O simulador de Direção: objetivos, metodologia e utilização"

Por: Roberta Torres
São Paulo, 12 de dezembro de 2015

O tema Simulador de Direção tem sido discutido frequentemente nos últimos eventos relacionados à segurança no trânsito. Em breve, todos os candidatos à habilitação deverão cumprir uma parte da carga horária no equipamento.

Neste sábado, dia 12 de dezembro, a convite da empresa ProSimulador, pude apresentar em São Paulo, minha palestra sobre o tema com base no estudo e pesquisa que tenho desenvolvido desde o final de 2013. Estavam presentes Daniel Annenberg, Diretor Geral do DETRAN de São Paulo, Maxwell Vieira, Diretor de Habilitação, Aldari Onofre, presidente do Sindicato dos CFCs de São Paulo, além de mais de 1.500 instrutores e diretores dos CFCs de São Paulo.
O Simulador de Direção é um equipamento com características parecidas com as de um veículo que fornece um ambiente multissensorial. O condutor controla e conduz o movimento do veículo simulado virtualmente por cenários projetados à sua frente em telas, através de softwares específicos. A via é projetada para o condutor que terá uma visão virtual, sendo os cenários criados a partir de mídias digitais. (árvores, placas, topografia, etc).

Seus principais objetivos são: Reproduzir a sensação de conduzir um veículo, porém, com as vantagens de se ter o controle das variáveis  da condução e não  colocar o condutor em risco. Além disso, é possível registrar os comandos do motorista, informações sobre o trânsito, erros de condução, infrações e outras medições fisiológicas durante a sessão de simulação para análise de comportamento do condutor.







Os simuladores de direção são utilizados em:
  • Estudos de tráfego como alteração de projetos e de vias;
  • Desenvolvimento de novos veículos e novos dispositivos de segurança;
  •  Testes com novas sinalizações;
  • Avaliação do comportamento humano do condutor (álcool, drogas, sono, fadiga);
  • Formação de condutores;
  • Aperfeiçoamento de motoristas habilitados e profissionais e condução de veículos específicos.

Além do Brasil, países que tem algum tipo de regulamentação a respeito da utilização do simulador de direção:

Holanda
Canadá (Montreal e Quebec )
EUA (Califórnia, Manhattan e Kansas)
Chile
Japão
Tailândia
China
Finlândia
União Europeia
Marrocos
França
Uruguai
Espanha
Panamá
Bielorrússia
República Tcheca
Irlanda
Lituânia
Romênia
Rússia
Eslováquia

Para acessar o estudo completo, clique aqui.








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário é muito importante para mim.

Seja um membro você também!